Notícias

icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


Gravatá sem segurança: visita da OPB constata o caos

04/08/2017



Diante das inúmeras denúncias encaminhadas a Ordem dos Policiais do Brasil (OPB) , o presidente Frederico França vem realizando uma série de visitas a Gravatá, município do interior pernambucano. O objetivo é verificar as carências no sistema de segurança pública e as condições de trabalho dos profissionais da área.

Acompanhado dos PRFs Darita e Paulo Arcoverde, além do presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Áureo Cysneiros. França pode ver de perto o caos vivido pelos moradores de Gravatá. Apesar de ser um município turístico e com impostos altíssimos, postos de policiamento estão fechados por total falta de efetivo e estrutura.

França também esteve na delegacia da região e o que viu foi assustador. Falta praticamente tudo. Equipamentos de proteção individual deteriorados, alojamentos sucateados e o prédio completamente sem condições de uso, repleto em mofo, infiltrações e móveis quebrados. Humanamente impossível trabalhar em condições tão precárias.

Destacando que para os 12 policiais civis da delegacia de Gravatá, há apenas cinco coletes e destes três estão vencidos .“Parabenizo os policiais civis que se desdobram na atividade diária e também se cotizam para não ter o serviço suspenso”, diz França que, preocupado com o que encontrou, deve fazer vistorias em outros municípios.





Voltar